31 de Março – Aniversário da Revolução de 64

 

31 de Março, aniversário da Revolução de 64, que nos livrou de sermos hoje uma Venezuela ou uma Cuba. Não se deixe enganar pelas mentiras da esquerda, que joga a culpa de tudo na ditadura e chama a Revolução de “Golpe”. Não, não foi golpe, assim como a retirada de Dilma do poder também não foi, mas assim é chamada pelo PT. Não sou militarista, mas à época os militares nos livraram de uma fria, de estarmos entregues nas mãos de irresponsáveis, gente de esquerda com espírito guerrilheiro, que queria transformar o Brasil numa ditadura do proletariado, ao estilo cubano, soviético, venezuelano, norte-coreano ou, genericamente falando, pior que tudo isso, se é que é possível, num estilo bolivariano. Talvez – e eu digo talvez – os militares tenham demorado um pouco demais a devolver o controle do governo ao povo. E digo talvez, pois como músico vivia pelas ruas, pelos diretórios acadêmicos, pelas quebradas, pelos salões suntuosos e pelos quartéis. Eu sabia, pois conhecia muitos pessoalmente, das reais intenções da guerrilha. E posso afirmar que não eram nada boas. E durante todo aquele período sempre estiveram prontos a tomar o Poder pela força que, ainda bem, não tinham, pois o povo jamais compactuou com essa corja. Mas, como disse um dia o General Figueiredo, “vocês vão se arrepender de votar nessas pessoas”. Ele estava adivinhando o que o PT iria fazer conosco anos depois. E, como pode-se facilmente perceber pelas redações dos jornais, os barbudinhos não desistem: se acham os donos do monopólio de proteção à pobreza, aos direitos humanos, às minorias e às ideias estapafúrdias e permissivas que inundam nosso dia a dia e estão levando a humanidade ao caos. Mas não passam de bobos, poucos sonhadores, a maioria ideologicamente ignorante, quando não de pura má-fé. Eles é que não passarão…

Duas ideias para melhorar o País

 

1)     Auditoria Independente, adeus Tribunais de Contas

 

Empresas de capital aberto, isto é, que tem ações em Bolsa de Valores, são obrigadas por Lei a contratar uma empresa de Auditoria Independente e idônea para fiscalizar seus balanços e suas contas. Dessa forma, fica difícil mascarar seus dados ou corromper os fiscais e, por essa razão, normalmente tais empresas  vão bem ou, se não, são avisadas a tempo sobre eventuais irregularidades ou problemas em seus ativos, fluxo de caixa, etc.

Já o governo, ao invés de auditores externos, tem seus próprios órgãos:  são fiscalizados pelos Tribunais de Contas, órgãos caríssimos, que demandam prédios caros, funcionários caros, e que jamais funcionam. Os ministros responsáveis pelas auditorias, por serem indicados politicamente aos cargos, ficam sujeitos, se não à corrupção propriamente dita, ao menos ao pagamento de favores a seus padrinhos. É a raposa cuidando do galinheiro, como se viu no caso dos quatro ministros de contas presos no Rio ontem, que estavam mancomunados com o governador Sergio Cabral.

 

A ideia:

 

Que tal eliminar-se todos os Tribunais de Contas – federais, estaduais e municipais – substituindo-os por empresas de auditores independentes contratadas através de licitação?

Os requisitos mínimos para contratação seriam: experiência comprovada, reputação ilibada e capacidade operacional.

 

Eliminam-se gastos com prédios públicos, funcionários ociosos, ministros incompetentes e sujeitos à corrupção, além de assegurar uma auditoria isenta de vícios e capaz de apontar medidas para sanear as contas de um governo. Simples, não?

 

2)     Performance Bond

 

Esta ideia já é adotada nos EUA há bastante tempo e comprovadamente funciona. Ao ganhar uma concorrência a empreiteira deve contratar uma companhia de seguros que será responsável pelo acompanhamento e fiscalização da obra quanto a seus prazos, custos e qualidade. Se der qualquer problema, o seguro deve pagar a diferença. Como são empresas sólidas, de ótima reputação e que não querem ter prejuízo, as seguradoras grudam no calcanhar das empreiteiras dificultando ao máximo qualquer ação nefasta contra o Estado. Esta medida, de extremo bom senso, já devia ter sido adotada aqui há muito tempo,  só faltando vontade política para implanta-la. Logicamente que isso vai totalmente contra os interesses de quem está mal-intencionado, querendo tirar proveito de seu cargo. Mas é para isso que devemos lutar.

 

Estas duas medidas, se implantadas a nível nacional, reduziriam drasticamente os gastos públicos, seja com desvios, corrupção, imóveis e funcionalismo. Além de garantir a qualidade das obras, acabando com a situação atual, onde se veem projetos pedindo reforma dois anos após sua inauguração, o que demanda mais gastos, numa espiral sem fim.

 

 

Ao escolher um candidato, seria bom cobrarmos dele ideias criativas, para que ao chegar ao Congresso faça as escolhas certas e apresente projetos de Lei para mudar o País, e não seu bolso.

Àqueles que acham que prisão preventiva é injusta ou ilegal

 

 O Juiz Sergio Moro condenou hoje Eduardo Cunha a 15 anos e 4 meses de prisão.

Em sua sentença, Moro destacou que Cunha, mesmo preso, não parou de tentar usar seu poder de intimidação para mudar o processo. Assim, Moro mostrou na sentença que durante a inquirição de Temer, Cunha perguntou sobre o caso do dinheiro pra José Yunes, que não tinha nada a ver com o caso. Era apenas um “recado”, uma chantagem de Cunha contra Temer, dizendo que se ele não o defendesse, poderia tomar o troco.

 

Sergio Moro utilizou tal fato para reforçar o pedido de prisão preventiva de Cunha, mesmo após a condenação, o que acho justíssimo. Tem gente que só vendo o sol nascer quadrado para baixar a crista. E é por essas e outras razões que algumas pessoas, como Cunha, Zé Dirceu, Cabral e a esposa, devem permanecer presos preventivamente. Gente perigosa, que se acha dona do poder, não tem escrúpulos em atentar contra a Justiça em benefício próprio devendo, portanto, permanecer engaiolada, conforme previsão legal. 

Como deixar Temer governar até o final do mandato sem sermos hipócritas

Apenas uma ideia 

 

Após a coleta de provas, as denúncias de Marcelo Odebrecht e seus executivos, além de dados bancários coletados,  parece incontestável que Dilma e Temer fraudaram as eleições de 2014, fazendo propaganda com dinheiro de propina. Assim, o caso em julgamento no TSE deveria, em tese, tirar Temer do governo.

Essa é minha opinião. Mas tenho visto muita gente defendendo que Temer deve continuar até o fim do mandato, pela estabilidade de nossas instituições, e para que faça as reformas, já que como não tem compromisso com a popularidade, pode promover ações extremamente necessárias, mas decididamente impopulares.  

Esse pragmatismo exacerbado me causa náuseas por sua hipocrisia. Vi hoje um editorial do Estadão que me fez tomar a decisão de cancelar de vez minha assinatura. Eles defendem que o TSE absolva Temer pensando na estabilidade do País a despeito das provas encontradas contra ele.

É como se disséssemos: vamos deixar todos os traficantes em paz nos morros, pois qualquer ação pode prejudicar a população e, afinal de contas, eles às vezes dão uma cesta básica para os pobres. Eu não compactuo com criminosos, corruptos, etc.

 

Então pensei. É mais uma de minhas ideias estapafúrdias, com as quais muita gente gosta, mas que ninguém adota, pois não chegam aos altos escalões da República.

 

É o seguinte:

 

Eu também acho que o ideal seria Temer não ter culpa no cartório e terminar seu governo em paz, promovendo as reformas. Acontece que Temer tem culpa. E não podemos ser hipócritas. Então, o que fazer?

 

Que tal procedermos como se vê em casos na Justiça americana:

 

1)      Temer será julgado pelo TSE, sem chicanas, recursos ou vistas no processo que objetivem  prolonga-lo até o término do mandato.

2)      Se condenado, será considerado culpado e sujeito às penalidades previstas em Lei. (multa, perda de direitos políticos, etc. – não sei os detalhes)

3)     Assumida a culpa, e ai vem minha tese, um acordo será feito entre Temer, a Promotoria e a Justiça, no sentido de que ele possa cumprir a pena após o término de seu mandato.

 

Dessa forma as instituições estariam preservadas, sem a hipocrisia de se fingir que nada aconteceu, nem o descalabro de eleições pelo congresso em meio à turbulência. A Justiça estaria bem servida, uma vez que condenou os culpados baseada em provas e fatos, e não em falsos argumentos políticos, como a manutenção da estabilidade.

 

 

O que vocês acham da ideia? Se alguém gostou e conhece ou tem endereço eletrônico de figurões do Congresso ou TSE, favor encaminhar o texto, pois eu não gosto de fazer isso. Gosto apenas de ter as ideias e postá-las em público.

Dois milhões de visualizações. Agora sou celebridade!

Cinco mil compartilhamentos.

 
 

Adeus amigos virtuais do Face, não quero mais saber de vocês. Danem-se! Fiquem ai com suas vidinhas insossas. Eu quero é brilhar! Quero música no Fantástico. Quero ir nas festas do Neymar. Quero dar beijinho na Anitta.

Quero Angélica gravando Estrelas na minha casa. Quero ir debater no programa Saia Justa sobre o empoderamento feminino. Quero ir no programa da Fernanda Lima mostrar que macho também é gente. Quero ser destaque na Sapucai. Ser amigo do Renan. Só estou esperando a produção do Programa do Jô para agendar entrevista.

Como? Não tem mais programa do Jô? A Angélica só entrevista artista famoso? Eu não tô com esse bola toda? Pelo menos no Ratinho não dava pra me encaixar? Na TV Gazeta às nove da manhã? Não? Quantas visualizações eu preciso? Duzentos milhões? Vocês estão loucos. Destruíram meu sonho. Amigos do Face, não me levem a mal. Foi só uma coisa que me subiu à cabeça mas já passou. Voltei pra humildade. Eu adoro vocês. Não me deixem só. Tô com fome. Deixa eu ir na padoca do Beto tomar um café com uma média e manteiga na chapa. Cruzes, como é duro voltar à rotina… Mas eu ainda chego lá. E se chegar, não vou me esquecer de vocês, viu?

Galã da Rede Globo bate na mãe com tamanco e tenta se matar

 O galã da Rede Globo xxxcensuradoxxxx, num ataque de fúria bateu em sua mãe com um tamanco rosa que estava usando. Logo depois, tentou o suicídio ingerindo cinco porções de xxxcensuradoxxx. Sua parceira na novela   xxxcensuradoxxx disse que não quer mais trabalhar com ele. O diretor de núcleo  xxxxxcensuradoxxxxx está pensando em matá-lo nos próximos capítulos. A mãe de xxxcensuradoxxx disse que tudo começou por causa da grande quantidade de xxxcensuradoxxx e mariolas que o rapaz anda consumindo.

 

Caramba, e não é que o Replicante também já está censurando. Assim não pode, assim não dá!

Atenção: Acabamos de descobrir com o que o galã xxxcensuradoxxx tentou se matar: ele ingeriu cinco presuntos Tender com papelão da marca xxxcensuradoxxx.

 

 

Voltamos à Era do Carvão!

 

Donald Trump, em mais uma atitude tresloucada, anula importantes medidas contra o aquecimento global que foram assinadas por Barack Obama. Trump diz que isso reativará a economia carvoeira dos EUA, gerando milhares de empregos. Ok, sobre gerar empregos a carvoeiros, um tremendo avanço tecnológico, ele tem razão. Só que às custas de abreviar nossa permanência no planeta terra, e a própria permanência do planeta terra no Universo, penso eu com meu fecho eclair…

 

 

Chama o ladrão

 

Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa do Rio e pai do ministro Leonardo Picciani, foi conduzido coercitivamente pela PF. Jorge é acusado de corrupção em três eleições. Na mesma operação, Ministros do TCE do Rio foram presos, acusados de receber propina no esquema montado por Sergio Cabral. É o fim dos tempos. E tem gente defendendo a honestidade de Cabral e sua santa mulher…