E-mail a uma jornalista

Prezada Eliane: Você escreve bem. Parabéns! Mas elogios para você não devem ser novidade. Permita-me então um alerta, pequeno dardo que pode atingir a espinha dorsal de qualquer auto-estima. Sua inteligência deve saber, mas a vaidade de quem fez sucesso pode impedi-la de trazer à tona a constatação óbvia de que os veículos que pagam suas contas não o fazem exclusivamente pelo talento que impulsiona sua pena (sou das antigas). Eles a pagam, essa é que é a verdade, por você escrever ou falar o que querem ouvir e, principalmente, que outros ouçam, mesmo que sua lógica tenha que dar nós nos fatos, enviesando-os até se adequarem à vontade dos patrões. Mesmo que a verdade fique tão deformada como certos sorrisos regados a Botox. Isso a torna uma áulica, igual ou pior a nós, os bolsomitos, que vibramos a cada canelada do capitão; e que acreditamos no fim do politicamente correto – essa praga que se impingiu na republiqueta de bananas que o PT criou –, bem como, se não na extinção, ao menos no ostracismo da esquerda e suas estratégias gramscianas. E no afastamento dessa gente “humilde”, pseudo intelectuais de ponche e Iphone, detentores do monopólio do bem estar social, casta que jamais pensou em trabalhar, mas sim em aboletar-se nas tetas estatais (ou da mídia barbudinha e “imparcial”). Tenha um bom domingo

Autor: Percy Castanho Jr.

Percy Castanho Jr. é advogado, analista, músico, compositor e escritor, não necessariamente nessa ordem...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *