Lei da Toga – Lei 2424, de 11/06/2019

A OAB, o Congresso Nacional e o STF, tendo em vista suas atribuições e seu elevado espírito público, decidem:

Artigo primeiro. Visando manter o respeito e não ficar de futrica com seus colegas e membros do ministério público, tampouco advogados, todos os juizes de direito. desembargadores e ministros devem usar, a partir da publicação da presente, a roupa exposta na foto.

Artigo segundo. A peça deverá ser feita em aço inoxidável e à prova de som.

Artigo terceiro. A peça conterá duas portinholas, à frente e na traseira, para disponibilizar necessidades prementes.

Artigo quarto. Fica vedado o uso de abridor de latas e materiais afins no interior dos foruns.

Artigo quinto. Cada magistrado terá direito a dois funcionários para o carregarem do carro para sua sala. Artigo sexto. Anulem-se todos os atos da Lava Jato até a presente data. Expeça-se alvará de soltura para Lula e todos os cumpanheiros. E viva la vaca loka.

Esta Lei entra em vigor a partir da data de sua publicação.

Brasília, em 11/06/2019

Assinado: nós, os honestos!

Uma ideia para nos livrarmos da ditadura Facebook

Acredite se quiser: Hoje, sábado,  27/04/2019, meia hora após voltar de duas suspensões seguidas de trinta dias cada no Facebook, me bloquearam novamente sob alegação de “Discurso de ódio”. É o cúmulo da ignorância e burrice dessa turma: Brinquei com a palavra “Anônima” como se eu pensasse que Anônima fosse o nome de uma moça que estava me entregando pro Face. Então disse que se encontrasse a “Dona Anônima” na rua bateria nela. As antas talvez imaginaram que eu estivesse fazendo uma ameaça, sei lá. Só sei que não dá mais!  Estou bastante chateado e desanimado com a política do Face e pensando em sair daqui. Então tive uma ideia: criei uma Rede Social há uns 20 anos que utilizo no Clube dos Compositores, do qual sou presidente. Não é tão sofisticada quanto o Face, óbvio, mas tem as principais funções: postar, comentar, enviar foto e vídeo. Estou pensando em lançá-la em um novo site, com um novo nome, totalmente grátis, sempre, e em caráter experimental. Se pegar, contrato gente especializada para sofisticá-la e adequá-la. Quero saber se posso contar com os amigos para me ajudarem a lançar e divulgar a rede. Sei que nem todos gostam de coisas novas, a maioria já quer coisas dando certo, quer pegar restaurante fazendo sucesso, com fila, etc. Mas eu sou de colocar a cara à tapa. E sei que muitos aqui também são formadores de opinião. Minha ideia é não ter bloqueios. Quando alguém “denunciar” uma publicação, o responsável é avisado e perguntado se gostaria de deletar aquele post para evitar celeumas. Acho bem mais democrático. Quem não quiser confusão, deleta. Quem deixar, será responsável pelo que escreveu. Que tal? Uma primeira ideia de nome: mesmo com a grafia errada em francês, mas uma boa sonoridade em português, a ideia é tet-a-tete.com. (o primeiro T mudo mesmo). Aceito sugestões e adesões. Valeus, pessoal, obrigadíssimo pelas manifestações de solidariedade, carinho e preocupação durante minha ausência. Um beijo a todos.

Por quem os sinos dobram?

Por quem os sinos dobram? Há mais de dez anos luto pela reforma da Previdência. Serei altamente prejudicado. Não me importa. Já perdi muitos amigos por isso. Quando pergunto, a maioria – que é contra – fica calada. Lógico. Meus amigos são classe média. Não querem perder seus privilégios. Fodam-se os outros. Espero que essa onda a favor da reforma – que virá, sem dúvida nenhuma – vire tsunami (modinha) e ai as pessoas fiquem com vergonha de dizer que são contra, arrumando desculpas esfarrapadas como – “Por que não começam pelos militares?” “Por que não começam pelos políticos?” “Por que não acabam com a corrupção antes?” “Isso é mais uma mentira do governo…” Porra, chega de ser egoísta. Faça a sua parte. É vergonhoso estar comodamente sentado à sombra enquanto milhões sofrem e você ai a colocar a culpa nos outros. Por quem os sinos dobram? Eles dobram por você, meu amigo!